Portal FUNVIC

Entrevista: Lucarelli segue focado na recuperação, celebra renovação com o Taubaté e já mira retorno às quadras em 2018

A noite de 25 de novembro de 2017 não sairá da cabeça do ponteiro Lucarelli, tão cedo. No jogo da EMS Taubaté Funvic diante do Campinas, pela Superliga Masculina de Vôlei 2017/2018, ele sofreu uma grave lesão no tendão calcâneo, e desde então está afastado das quadras.

Longe dos jogos e treinos com bola, Lucarelli teve nas salas de fisioterapia e musculação do clube seus redutos nesses mais de cinco meses de recuperação, sempre acompanhado do fisioterapeuta da EMS Taubaté Funvic, Miguel Ambrósio, que se mostra satisfeito com o quadro evolutivo da recuperação de Lucarelli:

“Ele está seguindo tempo normal de recuperação. Já conseguimos atingir os critérios mínimos para evoluir para exercícios de salto com ele, o que é ótimo e dá um bom prognóstico. O Lucarelli terá condições normais de jogo em agosto, o que o colocará à disposição do técnico Daniel Castellani para a disputa do Campeonato Paulista, e ele também estará à disposição da Seleção Brasileira”, comentou Miguel.

Batemos um papo com o jogador que falou bastante do processo de superação da lesão e da recuperação, da renovação do contrato com a EMS Taubaté Funvic e da vontade de voltar a jogar o quanto antes.

Chegamos a quase seis meses de recuperação de sua lesão. Psicologicamente, como você está se sentindo?

Lucarelli - Psicologicamente estou bem, estou ocupando bem minha mente também com outras coisas. Estou focado na solução do problema, e não pensando só na lesão. O início foi importante pois minha família ficou por perto, minha mãe me deu bastante apoio, e isso foi ótimo para eu superar os primeiros dias que foram os mais difíceis.

Fisicamente, como você se sente hoje?

Lucarelli - Me sinto muito melhor hoje. Tirando a parte da panturrilha que responde também como parte da lesão, o resto do corpo está bem. Continuei fazendo academia normalmente dentro do que me era permitido, e estou bem sim. Como ainda estamos na reta final da recuperação da lesão, e tendo em conta que estou sem ritmo de jogo, de 0 a10, a nota que dou para minha condição hoje seria 6, mas seguimos firme para estar 100% em breve.

Quais os avanços que você e o fisioterapeuta Miguel Ambrósio já alcançaram até aqui?

Lucarelli - No começo da recuperação os trabalhos eram bem leves e com poucos movimentos. Hoje já avançamos muito. No início eram exercícios somente parado, depois evoluímos para movimentos laterais e hoje já trabalho muitos movimentos para frente e para trás, que eram os mais perigosos no início. Gradativamente estamos evoluindo bem.

Como é lidar com a ansiedade de não poder treinar com bola e de ter visto o time chegar aos playoffs da Superliga e você não poder ajudar dentro de quadra?

Lucarelli - Já se passaram cinco meses da lesão e a minha vontade de jogar é muito grande. Sempre fui muito fominha, gosto de estar em quadram, treinar e jogar. É muito difícil ver meus companheiros em quadra e não poder ajudar. Mas quero me recuperar bem para poder ajudar a equipe nessa próxima temporada que está chegando.

Você renovou recentemente seu contrato com a EMS Taubaté Funvic. Qual o sentimento de continuar vestindo a camisa taubateana?

Lucarelli - Renovei meu contrato com a EMS Taubaté Funvic e esse será meu quarto ano aqui. Estou muito bem adaptado à equipe, à cidade, com a torcida e isso facilita bastante. Minha família gosta muito da cidade e estão sempre por aqui. É muito bom defender essa camisa, pois o carinho que a gente recebe da galera aqui não tem igual e estou muito feliz, espero continuar dando alegrias para a torcida taubateana.

Além de voltar a defender o Taubaté, este ano teremos o Campeonato Mundial de Vôlei. Você espera ser lembrado pelo técnico Renan Dal Zotto e estar no grupo que disputará essa competição?

Lucarelli - A ideia é estar bem física e tecnicamente para tentar uma vaga no grupo que vai ao Campeonato Mundial sim. Ainda tenho um tempo para isso, e eu já estava consciente que não seria possível eu disputar a Liga das Nações nesse ano. Mas estou focado em fazer boas atuações no meu retorno aqui no Taubaté, e aí sim brigar por uma vaga na Seleção.

Entre em contato:

Telefone: (12) 3648-8323

E-mail: ouvidoria@funvic.org.br

Acompanhe a FUNVIC pelas redes sociais:

 tumblr inline mht89iCnpi1qz4rgp     tumblr inline mht896c6jK1qz4rgp    gray-youtube-icon

Você está aqui: Pagina Principal